Novos Horizontes lança curso de Engenharia Civil em 2014

|Novos Horizontes lança curso de Engenharia Civil em 2014

Novos Horizontes lança curso de Engenharia Civil em 2014

A Faculdade Novos Horizontes passará a ofertar formação profissional na área de exatas em 2014 com o lançamento do curso de Engenharia Civil. A nova graduação, aprovada pelo Ministério da Educação (MEC) no mês de dezembro de 2013, vem para atender a crescente demanda por engenheiros no Estado de Minas Gerais e em todo o país. No Brasil, apenas 40 mil universitários obtêm este diploma a cada ano. Segundo estimativas do Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), o Brasil tem um déficit de 20 mil engenheiros por ano. Esse problema tem se agravado em decorrência das obras do PAC, do Programa Minha Casa, Minha Vida, do pré-sal, da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016. O novo curso será ofertado na unidade do bairro Santo Agostinho, nos turnos da manhã e da noite. As inscrições para o vestibular tradicional, agendado e pela nota do ENEM já estão abertas.

 

As instituições de ensino superior brasileiras têm um papel muito importante na busca de soluções para sanar o déficit de engenheiros no mercado de trabalho. São elas que vão cuidar da formação destes profissionais para o preenchimento das vagas que já estão ociosas e também das vagas futuras que vão surgir com o advento das grandes obras necessárias para os eventos de nível internacional que acontecerão no Brasil nos próximos anos. A Novos Horizontes está fazendo a sua parte, entrega a comunidade um curso com qualidade reconhecida, já que trata-se de uma instituição fundada por professores provenientes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e que oferta uma educação de qualidade pautada pelos mesmos parâmetros de universidades federais.

 

O curso de Engenharia Civil da Faculdade Novos Horizontes chega também para contribuir com a realidade da região metropolitana de Belo Horizonte, que não apresenta uma situação diferente da brasileira, sobretudo por causa da grande demanda que vem aumentando a cada ano. Nas últimas décadas, Belo Horizonte assumiu novas vocações e vem se definindo cada vez mais como centro de prestação de serviços. A predominância do setor de serviços é uma característica do desenvolvimento econômico da cidade no século XX, em contraponto à concentração industrial nos municípios do entorno que formam o Eixo Industrial da Região Metropolitana, sobretudo os municípios de Betim e Contagem.

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa Jurong Consultants, de Cingapura, a Região Metropolitana de Belo Horizonte deverá receber grandes investimentos na área da construção civil nos próximos vinte anos. A previsão é de que nossa região se transforme em um corredor Multimodal de alta tecnologia, com investimentos em áreas como: defesa; aeroespaço; nanotecnologia; biotecnologia; tecnologia de informação; desenvolvimento de softwares; componentes eletrônicos; turismo de negócios; educação e parques com estrutura logística avançada, gerando mais de 400 mil empregos na região.

 

A Novos Horizontes lança um curso que irá formar profissionais qualificados com sólido conhecimento profissional, econômico-administrativo e ambiental para atuarem na área da Engenharia Civil buscando preservar e promover o desenvolvimento e a inovação dos segmentos da construção civil e a melhoria da qualidade de vida da sociedade. A graduação em Engenharia Civil da Faculdade Novos Horizontes tem caráter de formação generalista onde o aluno irá cursar disciplinas de núcleo comum e específico, sendo todas de caráter obrigatório. A carga horária é de 3.600 horas, duração de 5 anos.

 

As inscrições para o vestibular podem ser feitas pelo site www.unihorizontes.br ou presencialmente na Secretaria Acadêmica da Unidade Santo Agostinho, situada na Rua Alvarenga Peixoto, 1270, bairro Santo Agostinho, de 8h00 às 21h00. A Faculdade Novos Horizontes é credencia no FIES, possibilitando que o aluno financie até 100% do seu curso e só comece a pagar 18 meses depois de formado.

2014-01-03T20:31:15-02:0003.01.2014|Engenharia Civil|
×